Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

MoodleConheça nossa fanpage Conheça nosso canal

Aprovada verba para Centro de Referência em Tecnologia Assistiva para a Educação Profissional

18/06 2015
Institucional

Aprovada verba para Centro de Referência em Tecnologia Assistiva para a Educação Profissional na Fundação Liberato

Projeto prevê investimentos de R$ 15 milhões sendo 50% por parte do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)/Ministério da Educação e 50% do Estado do Rio Grande do Sul (este com recursos do Banco Mundial).

A implantação de um Centro em Tecnologia Assistiva possibilitará a qualificação profissional de jovens e adultos com deficiência, oriundos das diversas regiões do Estado e do país, está próxima de se tornar realidade.

Em audiência com o Presidente do FNDE, Antonio Idilvan de Lima Alencar, nesta quinta-feira (18), em Brasília (DF), o Secretário da Educação/RS, Carlos Vieira da Cunha, e o Diretor Executivo da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, Leo Weber, receberam a confirmação da aprovação do projeto: "Queremos proporcionar cursos de qualificação técnica, de nível básico e de nível médio, acessíveis a pessoas com deficiências, atendendo a legislação atual e a demanda do mercado", destacou Weber.

O Secretário Vieira da Cunha considerou a liberação dos recursos um avanço para o desenvolvimento da educação profissional do Rio Grande do Sul: “Implantar um projeto desse porte justamente numa escola que é referência do Estado e no país possibilitará a oferta de mais 1.200 vagas para estudantes da região. Agora poderemos dar oportunidade para que pessoas com deficiência  se insiram no mercado de trabalho”.

O Centro contempla a construção de um novo prédio que, por ser acessível, vai possibilitar às pessoas com deficiência uma participação ativa na área da inovação. Serão 12 salas de aula, seislaboratórios básicos, laboratório de Tecnologia Assistiva, laboratório de audiodescrição, auditório, biblioteca, teatro de arena, refeitório, área de vivência, quadra poliesportiva coberta e dois grandes laboratórios especiais para a área profissional.

Foto: Weber, Alencar e Vieira no momento da aprovação.