Curso técnico de

Mecânica

Sobre o curso

O Curso Técnico de Mecânica iniciou suas atividades em 1970, desde então busca estabelecer um perfil profissional de formação qualificada para o ramo industrial.

O curso ocorre nos turnos Diurno e Noturno. No diurno, em regime seriado anual, integrado com o Ensino Médio e destinado aos alunos que tenham concluído o Ensino Fundamental. No noturno, é desenvolvido em regime semestral e matrícula por disciplina e destinado aos estudantes que já tenham concluído o Ensino Médio.

A formação é generalista, que significa abrir um leque de oportunidades para o mercado atual e futuro. Pressupõe um profissional habilitado, com bases científicas, tecnológicas e humanísticas.

A proposta do Curso Técnico de Mecânica é formar profissionais criativos, dinâmicos, atentos à realidade e aos problemas sociais e ambientais, com visão moderna, empreendedora, crítica e sustentável. Tem por objetivo capacitar o aluno a coordenar grupos de trabalho, efetuar planejamento e controle de produção, elaborar projetos mecânicos, realizar o controle de qualidade, coordenar e atuar na área de manutenção preventiva, preditiva e corretiva de sistemas mecânicos.

Além disso, o aluno recebe formação para constituir o seu próprio empreendimento e atuar no campo da pesquisa. Desta forma, o profissional desenvolve a criatividade, a inovação, a liderança, a iniciativa, a motivação, o comprometimento com resultados e a capacidade de trabalhar em equipe.

Equipe de Coordenação

Coordenação do Curso: Fábio Ricardo de Oliveira de Souza

Supervisão Pedagógica: Juliana Von Scharten Pereira

Orientação Educacional do Diurno: Cláudia dos Santos Klinski

Orientação Educacional do Noturno: Lola Cristina da Luz Rodrigues

Corpo Docente

Alexandre Blanco Riess – Mecânica

Alexandre Giacomin – Mecânica

Aline Brugalli Bicca – Biologia

Alvaro Klein – Mecânica

Andréa Escobar – Língua Inglesa

Ari Darci Schmachtenberg – Mecânica

Deise Bays – Filosofia

Diógenes Francisco Dias – Mecânica

Doris Nienow – Língua Inglesa

Edson Pereira – Mecânica

Ernesto Augusto Bernardi – Mecânica

Frederico Sporket – Mecânica

Gabriel Soares Ledur Alves – Educação Física

Gleidson Marchiori – Mecânica

Inaciane Teixeira da Silva – Língua Portuguesa e Literatura

Iris Vitória Pires Lisboa – Língua Portuguesa e Literatura

Jader Bernardes – Física

Jefferson Luís da Silva – Mecânica

João Jorge Klein – Mecânica

Jorge Luiz Gouveia Amaral – Língua Portuguesa e Literatura

José de Souza – Mecânica

Leandro Andrighetti – Filosofia

Luiz Henrique Ferreira – Mecânica

Maira Graciela Daniel – Sociologia

Marcelo Filimberti – Mecânica

Mareli Lurdes Regelin – Mecânica

Neuri Silver – Mecânica

Paulo Renato Thiele – Geografia

Paulo Ricardo Pedroso – Mecânica

Pedro Roque Giehl – Gestão e Empreendedorismo

Ramon Fernando Hans – Mecânica

Rita de Cássia Oliveira Simões – Língua Inglesa

Rogéria Silveira Pacheco – Língua Portuguesa e Literatura

Ronaldo Raupp – Mecânica

Rosiane da Silva Rodrigues – Matemática

Sandro Heleno Auler – Mecânica

Schirlei Viviane Rossa – Química

Simone Borges Rempel – Química

Valdir Comin Righi – Mecânica

Victor Espanhol – Mecânica

Vilson Joselito Schutz – Filosofia

Blog

Venha estudar na Liberato

A Liberato oferece oportunidade de crescimento pessoal e profissional por ensino de qualidade, com ênfase na pesquisa e inovação, além de atividades culturais e esportivas.

O ingresso na Fundação Liberato para todos os cursos, exceto Cursos de Extensão, se dá exclusivamente através de processo seletivo. A prova envolve questões de língua portuguesa e matemática e uma proposta de redação. A prova de seleção para o diurno exige a leitura obrigatória de um livro, indicado pela banca.

Tenho interesse